Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Adiamento de filmes devido à pandemia custa caro a Hollywood

Impedidas de exibir seus filmes nas salas de cinema, as produtoras hollywoodianas optaram por caminhos alternativos, do streaming à completa pausa nos lançamentos

Devido às medidas de distanciamento e isolamento social em decorrência da pandemia de Covid-19, diversas indústrias se viram em meio a um cenário completamente inédito. Em relação à produção cinematográfica, produtoras precisaram adiar vários filmes que não poderiam ser exibidos nas salas de cinema fechadas. Isso resultou em estratégias alternativas de publicação cuja rentabilidade não é igual à exibição teatral, como os serviços de streaming. Outras empresas, como a Universal, preferiram adiar todos os seus lançamentos e evitar gastos.

LEIA MAIS | Governo prorroga prazo para acessibilidade de salas de cinema

“Sem Tempo Para Morrer”, 25º filme da franquia “007”, chegaria aos cinemas em 2 de abril de 2020. Desde então, foi adiado três vezes e a atual previsão de lançamento é para outubro de 2021. A Sony Pictures Entertainment, produtora do longa-metragem, espera recuperar o orçamento de aproximadamente $200 milhões de dólares através das bilheterias e de produtos licenciados, por isso insiste no adiamento.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS | Edição online da Mostra de Tiradentes debate cinema e pandemia

“Mulan”, live-action da Disney, é um exemplo de como a pandemia afetou fortemente as produtoras. A estreia do filme nos cinemas precisou ser adiada um dia antes de acontecer e, com isso, a empresa jogou fora milhões com marketing e divulgação. “Mulan” foi mais tarde lançado no Disney+, streaming da produtora, e em alguns cinemas, rendendo menos de 70 milhões de dólares. O montante do desenvolvimento e da publicidade do filme chega a pelo menos 300 milhões de dólares.

Com informações de Tecmundo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar