PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Hapvida dará mais detalhes da proposta de fusão com a Notredame Intermédica

O negócio sendo confirmado formaria uma gigante do setor de saúde suplementar avaliado em mais de R$ 100 bilhões

Beatriz Cavalcante
11:48 | 11/01/2021
Caso a fusão ocorra, será formada a maior empresa de saúde suplementar no País (Foto: Divulgação)
Caso a fusão ocorra, será formada a maior empresa de saúde suplementar no País (Foto: Divulgação)

Em comunicado ao mercado, a Hapvida Participações e Investimentos S.A. (B3:HAPV3) informou que dará mais detalhes nesta segunda-feira, 11, sobre a proposta de fusão com o Grupo Notredame Intermédica (GNDI). Na última sexta-feira, a empresa cearense já havia anunciado apresentação da possibilidade entre as companhias. A proposta, inclusive, já foi apresentada aos membros do Conselho de Administração da Intermédica. O negócio sendo confirmado formaria uma gigante do setor de saúde suplementar avaliado em mais de R$ 100 bilhões.

Na fusão, segundo a proposta da Hapvida, o Conselho de Administração da Intermédica seria formado por nove membros, sendo dois indicados pela própria empresa, dois independentes e cinco pela empresa cearense. Há ainda a intenção de manter o atual CEO da GNDI numa posição estratégica na Hapvida, depois que os negócios fossem combinados na conclusão da negociação.

A mudança no mercado necessita de aprovação dos respectivos Conselhos de Administração, do Conselho de Defesa da Atividade Econômica (Cade) e Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS).

As duas empresas têm capital aberto na Bolsa de Valores de São Paulo, a B3 - Hapvida (HAPV3) e NotreDame Intermédica (GNDI3). Também está prevista que, com a fusão, a troca de ações consideraria o preço médio avalizado por volume dos papéis dos dois grupos no período de 20 dias anteriores a 21 de dezembro de 2020. Ainda segundo a proposta, a divisão acionária faria com que os acionistas da cearense passassem a deter 53,1% do capital social e os outros 46,9% restantes seriam de propriedade dos da GNDI.

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 11, o Grupo NotreDame Intermédica voltou a frisar que confirma a existência de uma proposta não vinculante de combinação de negócios realizada pela Hapvida Participações e Investimentos S.A., mas esclarece a proposta ainda está sujeita à avaliação e, potencialmente, negociação pela administração da Companhia, de forma que a combinação de negócios "é incerta"