PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

FGV encerrará em janeiro as divulgações extraordinárias de prévias de sondagens

11:13 | 30/12/2020

O Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) encerrará as divulgações extraordinárias de prévias de suas sondagens, que se iniciaram a partir de abril, por causa da crise causada pela covid-19. A partir de janeiro de 2021 já não haverá mais divulgações extraordinárias, informou a instituição, em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 30.

Segundo o Ibre/FGV, os resultados preliminares das sondagens passaram a ser divulgados "com o intuito de ajudar no monitoramento da economia e no planejamento de estratégias que ajudassem a mitigar os efeitos da crise".

"A despeito das dificuldades na obtenção de dados durante este período, acreditamos que a divulgação tempestiva destas informações consistiu em um instrumento útil diante das mudanças rápidas e abruptas provocadas na economia brasileira pela pandemia de covid-19", diz o comunicado.

O Ibre/FGV informou ainda que todo o material divulgado entre abril e dezembro de 2020 será mantido em seu site na internet: http://www.portalibre.fgv.br