PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Parlamento do Paraguai tem de aprovar criação

13:08 | 10/12/2020

O fato de o governo brasileiro querer usar o reservatório de Itaipu para criar tilápia não significa que a produção vai começar amanhã. Na realidade, a ideia conta apenas com o aval do governo paraguaio, mas ainda precisa passar pelo crivo do Parlamento do país, porque há impedimento legal para criação de espécie exótica no reservatório. Assim como o Brasil divide com o Paraguai a energia da usina binacional, precisa de sua autorização para produzir peixes nas águas.

"Existem ainda algumas normas do Paraguai que precisam passar por mudança. Hoje há vedação na legislação. Nós já enviamos toda a documentação para eles, o governo do Paraguai está de acordo, dependendo agora do Parlamento paraguaio", disse o secretário da Pesca, Jorge Seif Júnior.

O secretário afirma que, caso a autorização não saia, o governo brasileiro poderá buscar produtores de outras espécies para explorar o lago. A tilápia é cobiçada pelo setor porque sua produção depende de pouca ração para que o peixe atinja a fase de abate. O Paraná já é o maior produtor de tilápia do Brasil.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.