PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Itaú, Santander e Caixa lamentam morte de Joseph Safra

12:13 | 10/12/2020

Três dos maiores bancos do Brasil - Itaú Unibanco, Santander e Caixa - lamentaram a morte de Joseph Safra, dono do Banco Safra. O banqueiro tinha 82 anos e morreu nesta quinta-feira, de causas naturais.

"Empresário dotado de grande energia, adotou o Brasil como pátria e construiu uma das principais instituições financeiras do País", afirma, em nota, o presidente do Itaú, Candido Botelho Bracher. "Com o Grupo Safra, rompeu fronteiras e foi um dos pioneiros no mercado financeiro a se destacar internacionalmente. Aliou ao papel de grande empresário aquele de grande filantropo, compartilhando assim seu êxito com a sociedade." Em nome do banco, Bracher prestou condolências aos familiares e amigos.

Presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial disse, em nota, que Safra foi um homem de coragem, com participação fundamental no desenvolvimento do setor bancário do País, empreendendo também em outras áreas com destemor e eficiência. "Seu nome se tornou sinônimo de humildade e filantropia não só no Brasil, mas em todo o mundo. Meus sinceros sentimentos a toda a família, colaboradores e amigos, que certamente seguirão seu legado", afirma.

Também em nota, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou que recebeu a notícia com pesar. "Em nome dos colaboradores da Caixa, expresso nossos sentimentos aos familiares e amigos", disse.