PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Saída de dólares supera entrada em US$ 20,008 bi no ano até dia 30, diz BC

15:03 | 04/11/2020

O fluxo cambial total do ano até 30 de outubro foi negativo em US$ 20,008 bilhões, informou nesta quarta-feira, 4, o Banco Central. No mesmo período de 2019, o resultado havia sido negativo em US$ 21,465 bilhões.

O resultado do ano está diretamente ligado aos efeitos da pandemia de covid-19 sobre a economia. Durante a crise, investidores aceleraram em março e abril o envio de dólares a outros países, em movimento de busca por segurança. Posteriormente, verificou-se certa acomodação nos fluxos.

No ano até 30 de outubro, a saída líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 52,765 bilhões. Este resultado é fruto de aportes no valor de US$ 387,574 bilhões e de envios no total de US$ 440,339 bilhões. O segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo acumulado ficou positivo em US$ 32,757 bilhões, com importações de US$ 130,644 bilhões e exportações de US$ 163,401 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 21,164 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 57,481 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 84,755 bilhões em outras entradas.

Outubro

Depois de registrar saídas líquidas de US$ 3,482 bilhões em setembro, o País fechou outubro com fluxo cambial negativo de US$ 1,311 bilhão, informou o Banco Central (BC).

No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 560 milhões em outubro, resultado de aportes no valor de US$ 31,597 bilhões e de retiradas no total de US$ 32,157 bilhões.

No comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 751 milhões, com importações de US$ 14,531 bilhões e exportações de US$ 13,780 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,274 bilhão em ACC, US$ 4,224 bilhões em PA e US$ 8,283 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial da semana passada (de 26 a 30 de outubro) ficou negativo em US$ 643 milhões, informou o Banco Central.

O canal financeiro registrou na semana passada saída líquida de US$ 869 milhões. Isso foi resultado de aportes no valor de US$ 7,487 bilhões e de envios no total de US$ 8,357 bilhões.

No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 226 milhões no período, com importações de US$ 5,016 bilhões e exportações de US$ 5,242 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 431 milhões em ACC, US$ 1,723 bilhão em PA e US$ 3,089 bilhões em outras entradas.