PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Medidas para recuperação econômica devem ser temporárias, diz comissário da UE

15:03 | 05/10/2020

O comissário europeu para Economia, Paolo Gentiloni, afirmou nesta segunda-feira (5) que as medidas para recuperação na área devem ser tomadas com cuidado, e que tem de ser "temporárias". Em coletiva de imprensa após a reunião do Eurogrupo, Gentiloni indicou que as discussões sobre regras orçamentárias terão de ser retomadas, mas apenas em um momento com mais certezas, sendo a recuperação econômica a prioridade no momento. "Não é uma guerra, que após o fim, há reconstrução, temos ainda de viver com o vírus", afirmou.

Segundo o comissário, a apreciação do euro em um primeiro momento na crise foi gerada por uma aversão global a riscos, mas depois foi um reconhecimento da política comum na região, e apresenta "aspectos positivos". Além disso, Gentiloni afirmou que no ambiente atual os "juros baixos estão ajudando as finanças públicas dos Estados membros". Gentiloni e o presidente do Eurogrupo, Paschal Donohoe, concordaram na coletiva que ainda não se sabe quais sinais indicarão a retomada da economia, e que, por exemplo, poderiam levar a retomada das regras orçamentárias.