Participamos do

INSS faz vistorias em agências para retomar perícias médicas

Segundo presidente do órgão, serviço será retomado assim que unidades passarem pela inspeção. Atividades estão suspensas desde segunda, 14
14:14 | Set. 16, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

 

As perícias médicas, que estão suspensas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), deverão ser retomadas a partir desta quinta-feira, 17, após as agências passarem por inspeção do órgão. A afirmação é do o presidente do Instituto, Leonardo Rolim Guimarães. Segundo ele, ao menos 151 agências em todo o País já foram vistoriadas.

As informações são do portal G1.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"A partir de amanhã, aquelas [agências] que passaram por inspeção hoje, já retomam o trabalho", afirmou o presidente do INSS durante vistoria a uma agência de Brasília, que retomará perícias na quinta, 17.

O órgão reabriu as agências na segunda-feira, 14, após cinco meses fechadas devido pandemia de Covid-19. Mas o serviço de perícia médica não foi retomado.

O serviço, de acordo com informações do INSS, não faz parte do quadro do Instituto, mas do Ministério da Economia. As perícias médicas devem ser reagendadas pela Internet ou pelo telefone 135. Outra opção para os contribuintes é o envio do atestado médico pelo sistema “Meu INSS”, para a antecipação de um salário mínimo, com a diferença a ser paga depois da avaliação presencial.

Para os serviços relacionados à informação, extratos, consultas e andamento de processo, a população deve procurar os canais remotos do INSS, onde os atendimentos serão mantidos. “A forma de atendimento à distância, pela Internet e telefone, responde por 90 dos 96 serviços prestados pelo INSS, e continuará sendo realizada mesmo após a reabertura das agências”, destaca o Instituto em nota.


LEIA TAMBÉM | Sindicato dos servidores do INSS afirma insatisfação com reabertura das atividades presenciais no Ceará 

 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags