PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

BCE prevê queda menor do PIB da zona do euro em 2020 e inflação maior em 2021

11:13 | 10/09/2020
O Banco Central Europeu (BCE) mostrou-se nesta quinta-feira, 10, um pouco mais otimista em relação à recuperação da economia da zona do euro, após o choque da pandemia do novo coronavírus.
Para este ano, o BCE prevê agora queda de 8% do Produto Interno Bruto (PIB) do bloco, segundo a presidente da instituição, Christine Lagarde, que falou em coletiva de imprensa nesta manhã. A estimativa anterior era de contração de 8,7%.
Por outro lado, o BCE reduziu ligeiramente suas projeções de alta do PIB tanto para 2021, de 5,2% para 5%, quanto para 2022, de 3,3% para 3,2%.
Em relação à inflação ao consumidor, o BCE manteve sua projeção para 2020 em 0,3%, mas elevou a de 2021, de 0,8% para 1%. Para 2022, a estimativa permaneceu em 1,3%.
A meta de inflação do BCE, que mais cedo deixou sua política monetária inalterada, é de taxa ligeiramente inferior a 2%.