PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

UE corta tarifas aplicadas sobre produtos importados dos EUA

09:25 | 08/09/2020
A Comissão Europeia, órgão executivo da União Europeia (UE), anunciou nesta terça-feira (8) cortes em tarifas aplicadas sobre produtos importados dos Estados Unidos, visando expandir o comércio entre as partes em cerca de 200 milhões de euros por ano. "A iniciativa é um primeiro passo para reduzir a tensão comercial bilateral", diz um despacho do órgão.
Em troca, diz a Comissão, os Estados Unidos reduzirão em US$ 160 milhões por ano impostos sobre alguns produtos exportados pela UE para o mercado americano, colocando em vigor o acordo tarifário firmado entre bloco e país no mês passado. As medidas serão aplicadas com efeito retroativo a partir de 1º de agosto de 2020.
"Este acordo oferece a ambos os lados um verdadeiro resultado ganha-ganha, ajudando-nos a fortalecer ainda mais nossa parceria", diz o vice-presidente executivo da Comissão, Valdis Dombrovskis. "A redução de tarifas em ambos os lados melhora o acesso de nossos exportadores e reduz o custo dos produtos importados. Esses são fatores criticamente importantes nesta época de crise econômica relacionada ao coronavírus", acrescenta.
Entre os produtos, a UE eliminou a tarifação de lagosta importada dos EUA. Washington, por sua vez, deve responder isentando refeições preparadas, alguns copos de cristal e cigarros exportados pelo bloco europeu.