PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Procura por trabalho com aplicativos de entrega cresceram 831%

Levantamento feito pela SEMrush indica que os brasileiros têm buscado os serviços de entrega como fonte de renda durante pandemia do novo coronavírus

Victor Hugo Pinheiro
19:26 | 10/06/2020
Trabalhadores buscam serviços de entregas por aplicativo como forma de serviço durante pandemia (Foto: JÚLIO CAESAR)
Trabalhadores buscam serviços de entregas por aplicativo como forma de serviço durante pandemia (Foto: JÚLIO CAESAR)

A pandemia da Covid-19 está impactando negativamente na economia do País. Mesmo com o cenário ruim, os serviços relacionados ao trabalho com aplicativos de entrega surge como  alternativa para amenizar os efeitos da pandemia. É o que mostra pesquisa feita pela SEMrush - software de busca competitiva. O levantamento informa que as buscas na internet relacionadas a iFood, Rappi e Uber Eats tiveram um aumento de 831%, entre janeiro e abril.

Com as medidas restritivas de circulação impostas no País, a demanda por entregas via delivery aumentou consideravelmente. Os pedidos dos consumidores variam entre restaurantes, mercados e até petshop.

A pesquisa ainda indicou que o termo "mochila de entrega", que é um equipamento importante para os trabalhadores de delivery, cresceu 184%, entre janeiro e abril deste ano. Além disso, as buscas por "vagas de entregador" e "entregador por aplicativo" cresceram 51% e 50%, respectivamente

O mesmo levantamento observou a queda de 63% nas pesquisas com os termos "vagas de emprego" e "concurso público" neste período. Segundo o IBGE, no primeiro trimestre de 2020, o desemprego aumentou 15% em 12 estados, o que impactou no aumento de 173,4% na busca pelo termo "desemprego" e crescimento de 130% pela palavra "recessão".