PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Empresa doa 2 mil óculos de proteção a hospitais de Fortaleza

Equipamento médico é de extrema importância para profissionais da saúde no tratamento de pacientes infectados

Victor Hugo Pinheiro
15:49 | 20/04/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 18-04-2020: Fachada do Hospital Leonardo da Vinci. Hospital Leonardo da Vinci, hospital criado para combater o COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 18-04-2020: Fachada do Hospital Leonardo da Vinci. Hospital Leonardo da Vinci, hospital criado para combater o COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO) (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

Os equipamentos médicos são fundamentais para ajudar os profissionais da área no combate ao coronavírus (Covid-19), por isso, as doações de itens é fundamental. A Essilor, empresa produtora de lentes oftálmicas, está doando 2 mil óculos de proteção para o Instituto Dr. José Frota e o Hospital Leonardo Da Vinci. A ação consiste na entrega do equipamento de proteção ocular a hospitais do País atuantes no tratamento de pacientes infectados.

Desde 27 de março, multinacional tem feito doações a instituições médicas de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Aracaju e Belo Horizonte. Posteriormente, hospitais e casas de saúde de Teresina, Manaus, Goiás, Brasília, Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba irão receber o equipamento.

Segundo o diretor geral da Essilor, Sébastien Picot, o empresariado é fundamental nesse momento de doações em prol do bem-estar da sociedade "Importante motivarmos outras empresas a, neste momento desafiador, se unirem numa grande rede de cooperação", comenta, reforçando a profunda responsabilidade social do grupo francês. 

A doação está sendo viabilizada pelo programa global da Essilor, Vision For Life, que consistem em fundo de impacto social criado em 2015 com o intuito de apoiar infraestrutura e programas de cuidados com a visão