PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Sine oferta 1.116 vagas de emprego no Ceará

Fortaleza concentra 44,6% das ofertas com 498 postos de trabalho

22:24 | 23/01/2020
Sine oferta 1.116 vagas de emprego no Ceará
Sine oferta 1.116 vagas de emprego no Ceará (Foto: Camila De Almeida)

O Instituto de Desenvolvimento do Trabalho do Ceará (IDT), por meio do Sistema Nacional de Emprego do Estado (Sine), disponibilizou nesta quinta-feira, 23, à tarde 1.116 vagas de emprego no Ceará. Os novos postos de trabalho abrangem 15 municípios do Estado. Fortaleza concentra 44,6% dos empregos disponibilizados com 498 vagas, das quais, 69 são específicas para a contratação de pessoas com deficiência (PCD).

Segundo dados extraídos do portal da secretaria do trabalho nesta tarde, do total das vagas ofertadas no Ceará, 110 destinam-se a pessoas com deficiência. Para se candidatarem a qualquer uma das vagas, os interessados devem se dirigir a uma das unidades Sine portando carteira de trabalho, RG, CPF e currículo atualizado.

Além de Fortaleza, os outros quatro municípios com maior número de vagas são Sobral (183), Maracanaú (79), Juazeiro do Norte (76), Pecém (67). Em todo Ceará as vagas são para diversas áreas, como o setor de vendas, construção civil, informática, gestão de pessoas, entre outras. A lista completa, com a descrição dos cargos e telefone para contato da Unidade do Sine responsável pela vaga, podem ser consultados no Portal do IDT, aqui.

O POVO fez um resumo das vagas que estão disponíveis. Confira abaixo:

MUNICÍPIO
Fortaleza: 429 vagas gerais e 69 vagas para PCD.
Aracati: 8 vagas gerais.
Crateús: 21 vagas gerais.
Eusébio: 8 vagas gerais e 10 vagas PCD.
Horizonte: 11 vagas gerais.
Iguatu: 10 vagas gerais.
Itaitinga: 4 vagas gerais.
Itapipoca: 31 vagas gerais.
Juazeiro do Norte: 76 vagas gerais.
Limoeiro do Norte: 37 vagas gerais e 9 vagas PCD.
Maracanaú: 67 vagas gerais e 22 vagas PCD.
Paracuru: 1 vagas gerais.
Pecém: 67 vagas gerais.
Quixadá: 53 vagas gerais.
Sobral: 183 vagas gerais.

Em 2019, cerca de 41 mil cearenses conseguiram emprego por intermédio das unidades estaduais do Sine. Na última semana, no dia 15 de janeiro, o Sine projetou a meta de empregar 13% mais trabalhadores no Ceará do que em 2019.