PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Maioria dos viajantes do Nordeste prefere atrativos da própria região como destino turístico para o verão

Para o ministro do Turismo, os dados apresentados pela pesquisa revelam os resultados positivos obtidos em 2019

Ismia Kariny
22:31 | 25/12/2019
Jericoacoara, no Ceará.
Jericoacoara, no Ceará. (Foto: FABIO LIMA)

Conforme pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo, a maioria dos viajantes do Nordeste prefere atrativos da própria região como destino turístico para o verão. Segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a participação dos turistas nordestinos tem sido representativa para o crescimento do turismo nacional e para os empresários que pretendem investir ainda mais no setor.

“Isso é um importante impulso para continuarmos trabalhando ainda mais para desenvolver o setor turístico do país, gerando emprego e renda”. Para o ministro, os dados apresentados pela pesquisa revelam os resultados positivos obtidos em 2019.

Os estados de Pernambuco, Bahia, Ceará, São Paulo e Rio Grande do Sul foram os mais procurados pelos turistas do Nordeste para o período do verão. Dentre eles, 11,5% dos turistas potiguares procuraram o Ceará como destino para suas viagens, enquanto os estados do Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro corresponderam, respectivamente, a 15,4% e 13,5% do interesse turístico.

Ainda de acordo com o levantamento, quase metade dos turistas (43%) da região Nordeste irá viajar em família. Com exceção do segmento “sol e praia”, que representa 46,2% do interesse desse público, o tipo de turismo mais procurado pelos viajantes é o de negócios, com 14,9%.

A pesquisa também revela o estado favorito dos turistas de cada região do Nordeste. Para os turistas alagoanos e pernambucanos, os destinos para no estado de Pernambuco foram os favoritos. Já os baianos, maranhenses e piauienses pretendem visitar os atrativos cearenses. Os paraibanos preferem os atrativos turísticos do próprio estado. Enquanto os sergipanos selecionaram Alagoas e Bahia para aproveitarem o verão. Na contramão desses lugares, os cearenses e os potiguares escolheram, respectivamente, São Paulo e Rio Grande do Sul como principais interesses.

Sondagem empresarial

A pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo ocorre semestralmente, com o propósito de avaliar a percepção de desempenho no cenário atual e futuro, das agências e operadores turísticos, além de identificar o comportamento do consumidor sob a perspectiva dos empresários para os períodos de alta temporada.

Compreendendo o período de outubro de 2019 a março de 2020, para 14,6% das empresas analisadas pelo estudo há a expectativa de que o número de empregados aumente até o próximo ano. Outras 46,9% acreditam que a demanda pelos serviços ofertados cresça durante esse período. Além disso, para 46,6% há um otimismo em relação a um possível cenário de aumento no faturamento para os próximos meses.