PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Demanda e oferta da Latam crescem 1,9% em outubro no comparativo anual

11:11 | 11/11/2019
O Grupo Latam Airlines informou nesta segunda-feira, 11, as suas estatísticas preliminares de tráfego de outubro de 2019. A demanda total de passageiros aumentou 1,9% ante igual mês do ano passado. A mesma variação foi apurada na oferta. Como resultado, a taxa de ocupação para o mês se manteve estável em 82,5%. Segundo a empresa, o tráfego internacional de passageiros representou, aproximadamente, 52% do tráfego total de passageiros no mês.
A demanda no mercado doméstico brasileiro cresceu 17,6% em outubro, enquanto nos voos domésticos dos países sul-americanos, exceto Brasil, a alta foi de 2%. Nos voos internacionais a empresa registrou queda de 5,3% na demanda.
No que diz respeito à oferta, a empresa registrou alta de 13,2% no Brasil e acréscimo de 8,2% nos mercados sul-americanos. No mercado internacional, porém, houve queda de 5,3%.
A taxa de ocupação, por sua vez, cresceu 3,2 ponto porcentual no Brasil em outubro no comparativo anual, para 85,3%. Nos países sul-americanos a taxa recuou 4,6 ponto porcentual, para 76,8%. Já os voos internacionais tiveram taxa de ocupação de 82,9%, estável em relação ao mesmo período do ano anterior.
No acumulado do ano até outubro a demanda total cresceu 4,8%, enquanto a oferta teve avanço de 4,1%. Assim, a taxa de ocupação teve melhora de 0,5 ponto porcentual na comparação com o mesmo período de 2018, para 83,6%.
No transporte de cargas, a demanda caiu 7,7% em outubro no comparativo anual, enquanto a oferta recuou 1,9%. Com isso, o fator de ocupação de carga caiu 3,4 ponto, para 54,6%. No acumulado do ano até outubro, a demanda no segmento de cargas caiu 1,9%, enquanto a oferta encolheu 2,5%, levando a um leve acréscimo de 0,3 ponto na taxa de ocupação, que ficou em 55,1%.