PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Waldery: leilão permite recompor Orçamento e descontigencia máquina pública

14:12 | 06/11/2019
O secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, considerou um sucesso o leilão do excedente da cessão onerosa, apesar do governo ter obtido apenas 66% do total do bônus de assinatura pretendido. Segundo ele, o leilão deu um saldo de R$ 23 bilhões para a União em 2019.
Ele afirmou ainda que os Estados e municípios vão receber parte dos recursos, fato inédito no Brasil, o que vai ajudar o fechamento das contas deste ano.
"Este ano ainda estamos no espectro negativo, mas é importante que Estados e municípios também venham juntos (com a União)", disse Waldery referindo-se ao déficit fiscal.
Ele destacou que os Estados vão receber algo em torno dos R$ 5,2 bilhões, o mesmo previsto para os municípios.
"Leilão permite recomposição do Orçamento e descontigenciamento da máquina pública", avaliou Waldery.
Segundo ele, com o dinheiro do leilão desta quarta-feira, o déficit orçamentário do ano será menor. Ele informou ainda, que no dia 22 de novembro o governo vai anunciar o descontigenciamento do Orçamento.