PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Vendas reais em supermercados crescem 1,87% em setembro, diz Abras

13:13 | 06/11/2019
As vendas dos supermercados no Brasil tiveram alta real de 1,87% em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo a Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Com o resultado, o setor acumula crescimento real de 3,22% nos primeiros nove meses do ano. Na comparação com agosto, as vendas caíram 4,94%.
Em nota, o presidente da Abras, João Sanzovo Neto, afirmou que o crescimento acumulado até setembro está acima das expectativas da entidade. "Se olharmos o mesmo período de 2018 (janeiro a setembro), o setor supermercadista registrou alta de 1,92%, o que nos mostra que a economia está melhorando, mesmo que gradativamente", disse.
O indicador Abrasmercado, que identifica as variações de preços dos 35 produtos mais consumidos, registrou alta de 1,67% em setembro ante o mesmo período de 2018, passando de R$ 460,29 para R$ 467,98. Em relação a agosto, houve queda de 1,40% no valor da cesta.
Entre os itens que registraram as maiores quedas nos preços entre agosto e setembro estão farinha de mandioca (-18,29%), cebola (-16,23%), batata (-14,17%), tomate (-7,11%) e feijão (-1,72%).
Na outra ponta, os produtos que tiveram as maiores altas foram óleo de soja (+3,45%), margarina cremosa (+3,15%), xampu (+3,02%, papel higiênico (+2,30%) e água sanitária (+2,12%).