PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Oddone diz que acordo posterior com Petrobras trouxe mais risco para o leilão

14:27 | 06/11/2019
O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, admitiu que a compensação que deveria ser dada à Petrobras pelos benefícios que já realizou nos campos da cessão onerosa pode ter afastado as petroleiras do leilão realizado nesta quarta-feira pelo governo.
"Com certeza o acordo posterior com a Petrobras trouxe mais risco para o leilão", disse durante coletiva de imprensa após o certame.
Apesar de ter sido considerado um sucesso pelo executivo, o leilão vendeu apenas dois dos quatro campos ofertados e a única grande compradora foi a Petrobras, que teve parceria apenas para a principal área, Búzios, a mais cara do leilão, com bônus de assinatura de R$ 68,2 bilhões. As chinesas CNOOC e CNODC fizeram parceria com a estatal brasileira, mas ficaram apenas com 5% cada uma.