PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Fluxo cambial total de outubro é negativo em US$ 8,494 bi

14:57 | 06/11/2019
Depois de registrar saídas líquidas de US$ 6,446 bilhões em setembro, o País fechou o mês de outubro com fluxo cambial negativo de US$ 8,494 bilhões, informou o Banco Central.
No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 8,756 bilhões no mês passado, resultado de aportes no valor de US$ 41,069 bilhões e de retiradas no total de US$ 49,825 bilhões. Este segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.
No comércio exterior, o saldo de outubro ficou positivo em US$ 262 milhões, com importações de US$ 16,911 bilhões e exportações de US$ 17,173 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 2,260 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 5,421 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 9,491 bilhões em outras entradas.
Ano
O fluxo cambial do ano até 1º de novembro (última sexta-feira) está negativo em US$ 21,904 bilhões, informou o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 17,444 bilhões.
No acumulado do ano, a saída líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 35,560 bilhões. Esse resultado é fruto de aportes no valor de US$ 456,530 bilhões e de envios no total de US$ 492,090 bilhões.
No comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 13,656 bilhões, com importações de US$ 149,778 bilhões e exportações de US$ 163,435 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 27,334 bilhões em ACC, US$ 45,651 bilhões em PA e US$ 90,450 bilhões em outras entradas.
Na semana
O fluxo cambial da semana passada (de 28 de outubro a 1º de novembro) ficou negativo em US$ 786 milhões, informou o Banco Central.
No período, houve saída líquida pelo canal financeiro de US$ 2,078 bilhões, resultado de aportes no valor de US$ 9,857 bilhões e de envios no total de US$ 11,935 bilhões.
No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 1,292 bilhão no período, com importações de US$ 4,570 bilhões e exportações de US$ 5,862 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 488 milhões em ACC, US$ 2,985 bilhões em PA e US$ 2,389 bilhões em outras entradas.