PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Telebras propõe aumento de capital com emissão de ações em subscrição privada

10:12 | 01/10/2019
O Conselho de Administração da Telebras convocou Assembleia Geral Extraordinária (AGE) em 31 de outubro para deliberar sobre a proposta de aumento de capital de R$ 1,594 bilhão, mediante a capitalização de créditos da União no valor de R$ 1,512 bilhão. Com isso, o capital social da empresa somará R$ 3,107 bilhões após a operação.
Caso aprovada, a proposta prevê a emissão de 10.184.492 de ações ordinárias e, 8.074.780 ações preferenciais, todas nominativas, na forma escritural e sem valor nominal. O preço de emissão será de R$ 117,59 por ação ordinária e R$ 39,02 por ação preferencial, para subscrição privada.
Conforme fato relevante, os acionistas terão direito de preferência na subscrição das novas ações a serem emitidas no aumento de capital, na proporção de suas participações no capital da companhia no encerramento do pregão do dia em que for realizada a AGE.
Na semana passada, a Telebras já havia informado que avaliava fechar capital na bolsa, e para tanto o conselho de administração faz uma consulta à União, que é seu controlador.
Em análise preliminar, a companhia disse na ocasião ter verificado que deveria haver uma oferta pública de aquisição (OPA) da totalidade das ações em circulação no mercado, antes do fechamento de capital, e que tal OPA poderia ser feita tanto pela companhia quanto pelo controlador.