PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Cortar juros é forma mais eficaz de ajudar economia japonesa, diz Kuroda

08:13 | 24/09/2019
O presidente do Banco do Japão (BoJ, pela sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse hoje que reduzir a taxa de juros de curto prazo seria a forma mais eficaz de impulsionar a economia doméstica, confirmando que a opção continua na mesa apesar de uma reação negativa do setor financeiro.
"No que diz respeito aos efeitos da política monetária, as taxas de curto e médio prazos são muito importantes", disse Kuroda durante coletiva de imprensa. Mas se optar por cortar juros, o BC japonês irá adotar contramedidas para manter a curva de juros inclinada para cima, acrescentou ele.
Kuroda ponderou que uma queda excessiva nos rendimentos dos bônus do governo japonês (JGBs) super longos seria negativo para a economia porque prejudicaria o retorno de investimentos de seguradoras e fundos de pensão e, eventualmente, esfriaria o sentimento do consumidor.
"Se o BoJ reduzir taxas de curto e médio prazos, ele ajustará compras de (JGBs) super longos para evitar quedas excessivas nos rendimentos", disse Kuroda. Fonte: Dow Jones Newswires.