PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

BNDES confirma repasse de cerca de R$ 2 bi ao Tesouro em dividendos em parcelas

22:42 | 09/09/2019
O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, afirmou que o banco deve fazer um repasse de cerca de R$ 2 bilhões ao Tesouro Nacional, numa primeira parcela de contribuição da instituição para ajudar a fechar as contas públicas deste ano. O valor foi aprovado em reunião de diretoria realizada na quarta-feira, 28, disse, e corresponde a dividendos relacionados ao lucro semestral do banco, de R$ 2,7 bilhões.
"A gente tem caixa, tem capital, a situação do banco está tranquilíssima para fazer", comentou, confirmando informação dada na quarta-feira pelo Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), de que uma primeira antecipação, de R$ 1,8 bilhão, estava para ser aprovada na diretoria do banco naquela data.
O executivo reiterou que o BNDES "fará o melhor dos esforços para atender" ao pedido do Ministério da Economia, que solicita uma contribuição maior do BNDES, e reforçou que o repasse vai ser feito em parcelas.
Podem contribuir para um maior repasse do banco ao Tesouro esperadas vendas de participações que o BNDESPar possui em diversas empresas do País, numa carteira avaliada em R$ 105,465 bilhões ao final de junho.
"Ainda não temos timing de venda... vamos discutir caso a caso, pode ser follow on, pode ser venda em Bolsa, pode ser bloco, pode ser qualquer coisa", disse Montezano.
Ele reiterou a informação dada na quarta no Rio de que deve ter uma "venda relevante" ainda este ano. "Pode não ter, mas tem chance de ter uma relevante ainda este ano", afirmou.