PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Quatro aéreas disputam slots da Avianca em Congonhas; decisão sai hoje

17:12 | 30/07/2019

Pelo critério adotado pela Anac, são consideradas empresas "entrantes" aquelas que atualmentetêm até 54 slots. Pelo critério anterior, "entrante" era a empresa que tinha até 5 slots.

A Anc informou que a Azul e a MAP solicitaram, ambas, o uso de todos os 41 slots diários da Avianca. A Passaredo pediu 30 e a  TWO Táxi Aéreo, 14 slots diários. Na prática, o novo critério adotado pela Anac para redistribuição das permissões deixou de fora da divisão dos slots a Latam e a Gol, que têm número superior de slots no terminal em relação ao definido pela Anac. As empresas têm, respectivamente 236 e 234 slots. Já a Azul, opera 26. De acordo com a agência reguladora, a medida busca recompor a oferta do aeroporto, promover uma maior competição naquele mercado e proporcionar aos passageiros novas opções de serviços.

 

Recuperação Judicial Em processo de recuperação judicial desde dezembro do ano passado, a Avianca teve as operações suspensas pela Anac em todo o país no dia 24 de maio. Em junho, foi suspensa a outorga da empresa para exploração de serviços aéreos. O motivo foi o descumprimento do contrato de concessão, o que fez com que todos os slots da empresa fossem retomados pela Anac para redistribuição.