PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Secretário Nacional é eleito presidente do conselho do Porto de Santos

16:42 | 30/07/2019
O Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA) do Ministério da Infraestrutura, Diogo Piloni, é o novo presidente do Conselho de Administração da Autoridade Portuária de Santos, o Consad. Ele foi eleito nesta terça-feira, 30, por unanimidade pelo colegiado e vai ocupar cadeira vaga desde 12 julho, quando Ogarito Linhares renunciou.
No lugar de Piloni, foi eleito Fábio Lavor, diretor do Departamento de Novas e Outorgas de Políticas Regulatórias Portuárias da Secretaria Nacional dos Portos.
Na nova função, Piloni deverá contribuir no processo de reestruturação da Autoridade Portuária de Santos (Codesp), empresa pública vinculada à Secretaria Nacional de Portos, em linha com a política de transportes coordenada pelo Ministério de Infraestrutura. "O Conselho de Administração do Porto de Santos, maior porto brasileiro, tem importância cabal para o País. É lá que são tomadas as decisões estratégicas do porto. Por exemplo, no que diz respeito ao seu plano de crescimento, novos investimentos necessários, que tipo de estrutura empresarial será requerida nesse processo de mudança, etc.", disse o secretário, por meio de nota.
Ao longo do primeiro semestre, representantes do Ministério da Infraestrutura, incluindo o próprio Piloni, comentaram sobre a possibilidade de concessão de alguns serviços da administração portuária de Santos e sobre uma possível abertura de capital da Codesp, que poderia resultar na privatização da empresa.
O Consad tem cinco conselheiros: Helio Marques Azevedo (dos trabalhadores); Marcio Calves (da classe empresarial, indicado pelo Conselho de Autoridade Portuária); Maria da Glória Felgueiras Nicolau (do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão); e Diogo Piloni e Fábio Lavor (do Ministério da Infraestrutura).

Agência Estado