PUBLICIDADE
Economia
Noticia

"Recorte" analisa a liberação do FGTS

No Recorte desta terça-feira, 23, os jornalistas Maísa Vasconcelos, Ítalo Coriolano, Irna Cavalcante e Samuel Pimentel analisam os impactos econômicos com o projeto de liberação de recursos do FGTS

18:49 | 23/07/2019

O Governo Bolsonaro anunciou na última quinta-feira, 18, que no dia seguinte liberaria os recursos depositados no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) das contas ativas e inativas. Era esperado impacto de R$ 42 milhões na economia ainda em 2019, o que resultaria em crescimento do PIB no fim do ano. Após reclamações do setor de construção, a ideia foi revista e, em setembro, deve ser liberado quantia emergencial de R$ 500 do fundo, segundo adiantam membros da equipe econômica do Ministério da Economia.

A ideia inicial do Governo seria adiada e só entraria em vigor em 2020. Os detalhes ainda são decidios pela equipe econômica junto ao presidente. A intenção é promover um embalo na economia nacional, promovendo o crescimento do consumo e movimentação da indústria.

No Recorte desta terça-feira, 23, os jornalistas Maísa Vasconcelos, Ítalo Coriolano, Irna Cavalcante e Samuel Pimentel analisam os impactos econômicos com o projeto de liberação de recursos do FGTS.

Listen to "Recorte #115 - A liberação do FGTS pode realmente reaquecer a economia?" on Spreaker.

Com episódios de segunda a sexta, o Recorte traz informações sobre assuntos relevantes de cada dia para os ouvintes, com participação de repórteres e editores da Casa. Para ouvir, basta acessar as principais plataformas de streaming de áudio, como Spotify, Deezer, Spreaker e agregadores de podcasts no Android e iOS.

Disponível em outras plataformas RSS feed: http://bit.ly/recortfeed

Assine o podcast no iTunes (e avalia a gente): http://bit.ly/recortrssapple

Segue a gente no Spotify: http://bit.ly/recortspotf

Segue a gente no Deezer: http://bit.ly/recotdeez

Redação O POVO Online