PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Trump diz que gostaria de ter presidente do BCE no comando do Fed

13:03 | 26/06/2019
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a fazer críticas às políticas do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e disse, nesta quarta-feira, que gostaria de ter o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, no comando do Fed. "Draghi está estimulando a economia e cortando as taxas de juros, enquanto aqui estão fazendo o contrário. Outros países estão estimulando suas economias, enquanto o Fed está promovendo um aperto quantitativo e elevando os juros. Eles estão desvalorizando suas moedas, mas temos um homem no Fed que não faz nada sobre isso", afirmou Trump, referindo-se ao presidente do Fed, Jerome Powell.
Em entrevista concedida à rede de TV americana Fox Business, Trump comentou que Powell não faz um bom trabalho e enfatizou que tem o direito de tirar o dirigente da presidência do Fed se quiser, embora tenha apontado que não disse que faria isso. Para Trump, "a Europa tem sorte de ter Draghi por lá. Ele faz movimentos bons para apoiar a economia". O presidente americano disse, ainda, que o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA poderia estar crescendo cerca de 5% caso o Fed não tivesse elevado os juros e fez comparações com a era Barack Obama, "que teve juro zero".
Na terça-feira, Powell, em discurso feito no Conselho de Relações Exteriores, afirmou que o Fed tem sua independência garantida pelo Congresso americano, que, de acordo com ele, teria visto "o dano que frequentemente surge quando a nossa política se inclina a interesses políticos de curto prazo". Trump tem feito diversas críticas aos movimentos de elevação de juros pelo Fed e, de acordo com a imprensa americana, teria estudado retirar Powell do comando do banco central americano.

Agência Estado

TAGS