PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Produção industrial da China desacelera em maio, mas varejo ganha força

04:45 | 14/06/2019
A atividade econômica da China ampliou a desaceleração em maio diante de tensões comerciais com os Estados Unidos, segundo os últimos números sobre produção industrial e investimentos, mas o setor varejista se esquivou da tendência e cresceu com maior vigor.
Dados do Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) mostram que a produção industrial chinesa subiu 5% em maio ante igual mês do ano passado, depois de registrar aumento anual de 5,4% em abril. O resultado do mês passado veio abaixo das expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam acréscimo de 5,5%.
Já os investimentos em ativos fixos não-rurais tiveram expansão anual de 5,6% entre janeiro e maio, desempenho que também frustrou os analistas, que esperavam aumento de 6,1%, variação que foi observada nos primeiros quatro meses do ano.
Por outro lado, as vendas no varejo da China se recuperaram em relação a abril, que marcou o pior resultado em anos. Em maio, o setor varejista do país vendeu 8,6% mais do que no mesmo mês de 2018, superando a projeção de economistas, que era de ganho de 8,2%. Em abril, as vendas haviam subido 7,2% na comparação anual. Fonte: Dow Jones Newswires.

Agência Estado