PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Podcast Recorte discute os impactos remanescentes da greve dos caminhoneiros

Ocorrida há um ano, greve dos caminhoneiros ainda causa impacto na economia brasileira. Jornalistas Maísa Vasconcelos e Ítalo Coriolano recebem Sara Oliveira e Irna Cavalcante para discutir o tema

11:10 | 22/05/2019
A GREVE dos caminhoneiros em maio do ano passado paralisou a BR 116 e impactou na logística dos produtos ao consumidor final
A GREVE dos caminhoneiros em maio do ano passado paralisou a BR 116 e impactou na logística dos produtos ao consumidor final(Foto: Fábio Lima)

Há um ano, em 21 de maio de 2018, teve início a greve dos caminhoneiros. Por conta das constantes altas do preço do diesel, que, só no Ceará, bateu a casa dos R$ 4, a classe paralisou as atividades por 11 dias.

Durante o período, rodovias em todo o País foram bloqueadas, o que inviabilizou o escoamento da produção em diversos setores econômicos e provocou crise de desabastecimento de itens como combustível e alimentos.

Listen to "#75 - Ainda sentimos impactos da greve dos caminhoneiros?" on Spreaker.

O impacto da greve ressoou durante o ano inteiro. O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que crescia a uma média de 1,8% de janeiro a abril, caiu para 0,8% de maio a dezembro. Mesmo depois de um ano, o valor de alguns produtos continua alto. O governo Bolsonaro tenta negociar uma solução e frear uma possível nova greve.

Para analisar o cenário atual, o Recorte discute os reflexos da greve e os possíveis desdobramentos de uma eventual nova crise. Para discutir o tema, os jornalistas Maísa Vasconcelos e Ítalo Coriolano recebem as repórteres do O POVO Irna Cavalcante e Sara Oliveira, que assinaram a reportagem sobre o assunto publicada na edição impressa desta terça-feira, 21.

O podcast analítico do Grupo de Comunicação O POVO conta com participação de repórteres e editores da Casa. Cada episódio, publicado de segunda a sexta, traz informações sobre assuntos relevantes do dia e está disponível em plataformas de streaming de áudio como Spotify, Deezer, Spreaker e agregadores de podcasts para Android e iOS.

Disponível em outras plataformas RSS feed: http://bit.ly/recortfeed 

Assine o podcast no iTunes (e avalia a gente): http://bit.ly/recortrssapple  

Segue a gente no Spotify: http://bit.ly/recortspotf  

Segue a gente no Deezer: http://bit.ly/recotdeez 

Redação O POVO Online