PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Campanha por reforma terá o mote 'Nova Previdência, pode perguntar'

19:31 | 03/05/2019
Em busca de apoio popular para aprovar a reforma da Previdência, o Palácio do Planalto anunciou na noite desta sexta-feira, 3, que lançará campanha publicitária a favor da proposta na segunda quinzena de maio. Com o mote "Nova Previdência, pode perguntar", as propagandas serão veiculadas em rádio, televisão, jornais e internet. O governo também pretende espalhar outdoors em algumas cidades.
De acordo com o Planalto, a ideia é explicar que as mudanças na Previdência vão promover justiça social e ampliar a capacidade de investimento do país.
"As mensagens abordam, entre outros assuntos, a redução de privilégios históricos do sistema previdenciário brasileiro, que inclui a diminuição da contribuição de quem ganha menos e o aumento da contribuição de quem ganha mais; a manutenção das regras vigentes para quem já está aposentado; o aumento dos recursos para a Educação; e a economia promovida a Estados e municípios, o que vai auxiliar no equilíbrio das contas públicas", diz o governo em nota.
Como parte de estratégia de angariar apoio, o presidente Jair Bolsonaro gravou esta semana participação no Programa Silvio Santos. O programa vai ao ar no próximo domingo, 5. No Twitter, o presidente divulgou uma foto ao lado do apresentador Silvio Santos e deixou claro que falou sobre "assuntos de interesse de todos os brasileiros, incluindo a Nova Previdência".
As peças publicitárias usarão cores da bandeira do Brasil, o verde e o amarelo. A nova estratégia do governo na divulgação da reforma ocorre um mês após haver uma troca na Secretaria de Comunicação Social (Secom), quando Fabio Wajngarten assumiu no lugar de Floriano Barbosa. A campanha da Nova Previdência foi formulada pela Secom e produzida pela agência Artplan.

Agência Estado