PUBLICIDADE
Economia

Marinho conversará com líderes para entender cronograma na CCJ

13:32 | 28/03/2019
O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse à Rádio Bandeirantes do Rio Grande do Sul que vai procurar líderes da Câmara na próxima semana para tratar do cronograma da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
"Vamos na próxima semana buscar uma conversa com líderes até para entendermos cronograma da CCJ. Já na segunda-feira isso será trabalhado e na terça ou quarta-feira será anunciado à sociedade como um todo", afirmou o secretário na entrevista.
Marinho reiterou também que o Congresso é "soberano" para tratar da reforma da Previdência e que o governo defende o projeto "como um todo". "O projeto que nós encaminhamos ao Congresso é o que nós achamos como adequado, até para que o Brasil possa resgatar a possibilidade de investimento. Evidente que o Parlamento tem autonomia para fazer alterações que achar conveniente", disse.
O secretário disse também que qualquer alteração nas idades mínimas de 62 anos para mulheres e 65 para homens iria na contramão do crescimento demográfico. "Se houver uma proposta de alteração, significa um impacto fiscal que precisa ser discutido", disse.
Questionado sobre se trabalha com alguma alternativa à reforma da Previdência, Marinho foi categórico: "Eu nem concebo esta hipótese, seria uma catástrofe."

Agência Estado