PUBLICIDADE
Economia

Virgin terá voo e empresa de turismo no País

13:21 | 28/03/2019
A companhia aérea britânica Virgin Atlantic voará pela primeira vez para a América do Sul, a partir do ano que vem. Segundo comunicado divulgado nessa quarta-feira, 20, será uma rota diária que ligará Heathrow, o maior aeroporto do Reino Unido, em Londres, a Guarulhos.
Além do voo, a Virgin Holidays, uma empresa do mesmo grupo especializada em lazer, também oferecerá serviços de turismo para o Brasil. A empresa pretende lançar pela primeira vez viagens no País, com destinos como o das Cataratas do Iguaçu e o da floresta amazônica, considerados "facilmente acessíveis" a partir de São Paulo. "Os turistas também podem se conectar a atrações icônicas, como o Rio de Janeiro e as belas praias de Santa Catarina", diz comunicado da empresa.
O voo da Virgin vem na esteira de outras empresas de baixo custo, como a Norwegian, que iniciará voos entre Londres e o Rio ainda este mês. Cada trecho sairá por cerca de R$ 1 mil.
A operação da Virgin Atlantic será feita por meio de uma aeronave Boeing 787 Dreamliner. Conforme a companhia, o objetivo é que o novo serviço aproveite a retomada da economia brasileira. As vendas de passagens começam ainda em 2019.
A empresa salientou que São Paulo é a capital comercial do País e uma das 20 principais cidades econômicas do mundo, sendo considerada a maior das Américas, depois de Nova York, para empresas multinacionais instalarem seus escritórios.
A rota também pode se tornar popular para cargas, de acordo com a Virgin, já que o País é líder na região em importação e exportação. Os embarques poderiam incluir autopeças, produtos farmacêuticos, alimentos e produtos agrícolas.
"O ano de 2019 marca o início de uma nova fase de crescimento para a Virgin Atlantic", disse Juha Jarvinen, vice-presidente executivo comercial da Virgin Atlantic no comunicado à imprensa. O ministro do Turismo brasileiro, Marcelo Álvaro Antônio, disse que o aumento da conectividade aérea é uma das prioridades do governo para tornar o Brasil mais competitivo no cenário global do turismo.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agência Estado