PUBLICIDADE
Notícias

Câmara tem esquema de segurança reforçado para receber Bolsonaro e a reforma

10:25 | 20/02/2019
A Câmara dos Deputados em Brasília amanheceu nesta quarta-feira, 20, com um esquema de segurança reforçado para receber a visita do presidente da República. Jair Bolsonaro chegou no período da manhã ao Parlamento para entregar pessoalmente o texto da reforma da Previdência.
Para isso, as entradas do Congresso foram restritas. Apenas autoridades podem ingressar pelos portões principais que dão de frente para a esplanada dos ministérios. A circulação interna também está restrita.
O Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) divulgou nesta quarta que a o novo texto deve endurecer as regras para se aposentar no Brasil.
A proposta deve estabelecer idade mínima de 65 anos para homens e 62, para mulheres. Ficou definida a exigência de 40 anos de contribuição para que os segurados do INSS recebam 100% do salário de contribuição, desde que respeitado o teto do INSS (hoje em R$ 5,839 mil).
O valor é o mesmo que está na minuta da proposta antecipada pelo Broadcast anteriormente.
O governo, no entanto, ainda não conta com uma base sólida no Congresso para aprovação da medida e deve se esforçar para articular um consenso nos próximos meses. O presidente da Câmara já disse que a expectativa é que o texto seja aprovado na Casa ainda neste semestre.
Logo cedo, Bolsonaro entrou em reunião com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Agência Estado

TAGS