PUBLICIDADE
Notícias

Lucro da Neonergia cresce 131,47% e atinge R$ 378,561 milhões no 4º trimestre

12:18 | 15/02/2019
A Neoenergia, empresa que reúne quatro distribuidoras - Coelba, Celpe, Cosern e Elektro - anunciou lucro líquido de R$ 378,561 milhões no quarto trimestre de 2018, resultado 131,47% acima do mesmo período do ano anterior. Já o resultado consolidado foi de R$ 366,357 milhões, 144,53% maior. No ano, o lucro líquido chegou a R$ 1,593 bilhão, alta de 253,01% sobre 2017.
O grupo fechou 2018 com Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 4,6 bilhões, 47,10% superior ao ano anterior, principalmente pelas revisões e reajustes tarifários das distribuidoras e incorporação da Elektro Holding em agosto de 2017, como explica a mensagem da administração. A margem Ebitda cresceu para 17,54%, de 15,09% em 2017. No quarto trimestre, o Ebitda chegou a R$ 1,088 bilhão, um crescimento de 11,90% sobre o mesmo intervalo de um ano antes.
A receita líquida no ano somou R$ 25,953 bilhões, alta de 26,55%, e no quarto trimestre, R$ 6,799 bilhões, 2,85% maior no comparativo com o mesmo período do ano anterior.
O resultado financeiro, por sua vez, foi uma despesa 16,16% menor, para R$ 1,168 bilhão no ano, e de R$ 336,431 milhões no trimestre, uma melhora de 11,39%.
O indicador de alavancagem, na razão da dívida líquida sobre Ebitda pró-forma ficou em 3,49 vezes no ano, abaixo dos 3,69x em 2017.
Operacional
O volume de fornecimento para o mercado cativo cresceu 21,56% em 2018, para 42.939 GWh, ao passo que o consumo de energia ficou em 56.544 GWh, 27,72% maior, com um total de 13.798.177 clientes, 1,63% acima do ano anterior.

Agência Estado

TAGS