Participamos do

Preço de aplicativos de transporte sobe 213% antes do Réveillon em Fortaleza

O passageiro que optar pelo serviço para curtir a festa da virada, terá de desembolsar mais; oscilação foi observada ao longo do dia
21:30 | Dez. 31, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
[FOTO1]
A corrida do transporte por meio de aplicativos teve uma variação de 216% no preço ao longo desta quarta-feira, 31. A reportagem simulou duas rotas saindo da sede do O POVO, na Avenida Aguanambi, para a Avenida Beira Mar e Aterro da Praia de Iracema. Foram consultadas duas plataformas. Na Uber, o primeiro trajeto teve tarifa inicial de R$ 9,43. O valor disparou para R$ 29,83 por volta das 21 horas. Já o 99 POP ofertava o percurso por R$ 13,80 e subiu para R$ 33.
[SAIBAMAIS]
A oscilação no valor é percebida com mais frequência em períodos festivos. Ocorre que alguns motoristas optam por deixar o veículo próprio em casa para economizar, evitar transtornos e celebrar o momento. A mudança no comportamento do consumidor gera um aumento na demanda. Com a escassez de veículos do serviço, o preço sobe. 

No Réveillon passado, também foi observada uma variação de 200%. Procurada, a Uber afirmou que a noite da virada concentra um dos maiores fluxos do ano e que uma tarifa diferenciada foi implantada para equilibrar a oferta e procura nestas situações.
 
“O Preço Dinâmico entra em funcionamento quando a demanda por viagens é maior do que o número de motoristas parceiros disponíveis em determinado local. Os preços variam para incentivar que mais motoristas parceiros se conectem ao aplicativo e assim os usuários consigam um carro sempre que precisar. Quando a oferta de motoristas parceiros aumenta na região, os preços rapidamente voltam ao normal”, explica em nota. 

Até o momento, O POVO não conseguiu contato com a 99 POP. Segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), está sendo realizada uma ação educativa para orientar os taxistas sobre a obrigatoriedade de utilizar o taxímetro, nos locais de maior circulação de passageiros. Entre eles, aeroporto, terminal rodoviário, beira mar e Aterro da Praia de Iracema. “Salientamos que a prática de corrida previamente "acertada" entre cliente e operador é proibida.  Os veículos que forem flagrados e operarem sem o uso do taxímetro, serão retidos pela fiscalização”, informa. 
 
Acompanhe a evolução dos preços em Fortaleza: [FOTO2]

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags