PUBLICIDADE
Notícias

Número de brasileiros que recorreram a bicos e trabalhos extras aumentou em 2018, diz SPC

De acordo com a pesquisa, muitos afirmaram que o primeiro semestre foi marcado por dificuldades que exigiram um certo sacrifício, além de adaptação da vida financeira

22:23 | 23/07/2018
Mesmo com diversas pesquisas apontando uma melhora na economia do País, as consequências da crise ainda se mostram presentes no dia a dia da população brasileira. Um estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as 27 capitais do Brasil mostrou que o número de consumidores que recorreram a formas extras de trabalhos ou bicos para complementar a renda aumentou em 7% no primeiro semestre.

Ainda segundo o levantamento, muitos afirmaram que o primeiro semestre foi marcado por dificuldades que exigiram um certo sacrifício, além de adaptação da vida financeira. Cerca de 83% dos entrevistados afirmaram ter feito corte no orçamento, reduzindo refeições fora de casa, compra de roupas, calçados e acessórios, e lazer, como cinema e teatro. Além disso, 30% dos entrevistados também afirmaram que precisaram vender algum bem para complementar a renda.

De acordo com a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a recuperação da economia ainda é bastante lenta e seu efeito prático ainda é pouco sentido pela população. "O momento mais crítico ficou para trás, mas isso não significa que a vida das pessoas tenha melhorado", explica.

Com a crise, apenas 17% dos entrevistados conseguiram realizar algum sonho de consumo neste primeiro semestre. Já 69% declararam que será difícil concretizar projetos planejados para o ano. De acordo com eles, a falta de dinheiro e o preço elevado dos bens são os principais empecilhos para realização do sonho.

Outro dado que chama atenção é que metade dos consumidores revelaram ter ficado várias vezes com as contas no vermelho e tiveram que recorrer a empréstimo em bancos ou até mesmo com familiares para pagar as contas.

Além disso, a realização de trabalhos extras ou bicos também estão na lista de planos dos brasileiros que desejam aumentar a renda para o segundo semestre. 
 
Redação O POVO Online
TAGS