PUBLICIDADE
Notícias

Greve cancela voos para Argentina, mas não afeta viagens partindo de Fortaleza

16:21 | 25/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
O dia de greve geral dos trabalhadores da Argentina provocou cancelamentos de voos em aeroportos brasileiros nesta segunda-feira, 25. Contudo, companhias aéreas com viagens de Fortaleza para cidades no país vizinho esclareceram que as mudanças não afetaram embarques partindo do Aeroporto Pinto Martins.

Os protestos foram convocados pela Confederação Geral do Trabalho (CGT). Bancos, escolas, repartições públicas, transportes e empresas permanecerão fechadas ao longo do dia. Os manifestantes alegam insatisfação com o governo de Mauricio Macri, principalmente no setor econômico. Esta é a terceira paralisação promovida pelos argentinos. 

Tanto a Gol quanto a Latam Airlines, operadoras da rota partindo do Ceará com destino à Argentina, se anteciparam à greve e cancelaram voos desta segunda-feira. As duas empresas dão aos passageiros opção de alterar a data do voo, mudar a rota ou solicitar reembolso. Em todas as alternativas, não há cobrança de custos extras. 

Mesmo com as mudanças, não há previsão de viagens partindo da Capital nas companhias afetadas. O POVO Online visitou na manhã desta segunda-feira o Aeroporto Pinto Martins e o movimento era tranquilo. Funcionários das companhias informaram que o funcionamento do local não foi afetado pelos protestos. 

Voos extras começaram a operar já no domingo, 24, para atender a demanda dos usuários, informou a Gol. Nesta segunda, mais dois aviões sairão nas últimas horas do dia, chegando na madrugada de terça-feira, 26, na Argentina. E ainda na terça-feira, mais cinco viagem devem partir do Brasil para o país vizinho. 

Na nota divulgada aos usuários, a Latam não informou se novos voos foram criados para atender os usuários. Contudo, a companhia disponibilizou canais para que os usuários possam remarcar as viagens.
 
Redação O POVO Online 
TAGS