PUBLICIDADE
Notícias

Gasolina começa a baixar em Fortaleza e pode ser encontrada a R$ 4,67

O diesel também baixou e pode ser encontrado a R$ 3,46, onde antes era vendido a R$ 3,87, por exemplo. Etanol está em falta em um dos postos visitados pelo O POVO Online

12:15 | 18/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
Após sucessivas altas no preço da gasolina, alguns postos de Fortaleza visitados pelo O POVO Online apresentam redução no valor. No Posto Petrocar, de bandeira Shell, localizado na rua Jaime Benévolo, a gasolina comum está custando R$ 4,67 o litro. Neste mesmo estabelecimento, o etanol está em falta há cerca de duas semanas, segundo o gerente. 

Valdilson Ribeiro gerencia o posto Petrocar e conta que a diminuição do preço da gasolina, que aconteceu na última quarta-feira, 13, foi para tentar aumentar as vendas. "Baixamos para melhorar as vendas e também porque estamos sem etanol no mercado. Tem umas duas semanas que os caminhões que vêm das refinarias não estão chegando", comenta. 

Outro posto visitado foi fica na avenida João Pessoa com a rua Padre Cícero. Lá, também bandeira Shell, a gasolina comum já está a R$ 4,69, e o etanol - que não está em falta -, a R$ 3,75. "Aqui faltou pouco, já chegou mais hoje de manhã", apontou um frentista.
[FOTO2]
No caminho, a reportagem percebeu, ainda, outros locais variando o preço entre R$ 4,67 e R$ 4,79 (avenida 13 de maio com rua Barão de Aratanha). Segundo levantamento semanal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), do dia 10 ao dia 16 de junho, o preço médio da gasolina em Fortaleza estava a R$ 4,77 e o mínimo a R$ 4,75. Cento e um postos foram pesquisados.
 
O diesel também baixou e pode ser encontrado a R$ 3,46, onde antes era vendido a R$ 3,87, por exemplo.

A falta de etanol

Walter Almeida, 76, abastece seu carro com etanol e gasolina, mas não conseguiu fazer a mistura na manhã desta segunda-feira, 18, no posto Petrocar. "Tá faltando etanol aqui, né? Eu sempre abasteços os dois porque o álcool deixa o combustível mais puro e é melhor pro motor, além de meu carro ser flex", comenta.

Alfredo Carneiro e Dalvanete Lobo também estavam no mesmo posto e disseram que a falta do etanol não os impactou diretamente, já que, "na maioria das vezes" eles abastecem com gasolina comum. Sobre a diminuição do preço, eles ainda acham pouco. "Tem que baixar mais, não é o suficiente. Já vimos um posto com o valor mais barato que esse (R$ 4,67). Na Via Expressa tem de R$ 4,62', relatam.

TAGS