PUBLICIDADE
Notícias

Após reajuste, dois postos mantiveram o preço da gasolina em Fortaleza

Num giro pela Capital, a reportagem pôde constatar dois postos que permaneceram com o mesmo preço

21:58 | 07/03/2018
NULL
NULL

Motoristas lotaram o posto de gasolina de bandeira Shell, na avenida Rogaciano Leite. Apesar do reajuste no preço da gasolina dessa terça-feira, 6, realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o revendedor manteve o valor da gasolina comum em R$ 3,87. Outro posto de Fortaleza também não aumentou o preço do combustível.

[FOTO1]

O jornalista Felipe Gonçalves disse que saiu do trabalho e foi direto ao posto da Rogaciano Leite para encher o tanque com o preço mais barato.

[SAIBAMAIS] 

Num giro pela Capital, a reportagem pôde constatar outro posto com preço abaixo da nova média, que varia entre R$ 4,37 e R$ 4,39. No Posto Capri, na avenida Barão de Aratanha, a gasolina está sendo revendida a R$ 3,97.

[FOTO2]

Estratégia

Em janeiro, o consultor na área de petróleo e gás, Bruno Iughetti, havia comentado ao O POVO Online sobre os postos de gasolina que não acompanham o reajuste no preço. Segundo ele, trata-se de mera estratégia de marketing.

À época, o consultor defendeu que, "a partir do momento em que ele (o empresário) adia a vigência do aumento, ele estará direcionando o maior número de motoristas para o seu posto. E o aumento da demanda dele é que faz a diferença. Com isso, o nível de faturamento sobe"

Conforme publicado pelo O POVO Online, o consultor diz que o preço do combustível depende dos cálculos que a Petrobras faz diariamente. Para isso, é levado em conta o preço do petróleo no mercado internacional e a variação cambial, "podendo haver tanto o acréscimo quanto a redução".

TAGS