PUBLICIDADE
Notícias

Cesta básica de Fortaleza tem a maior alta entre as capitais brasileiras

O estudo aponta que com a alta, o trabalhador teria que desembolsar R$ 408,49 para adquirir os produtos

14:45 | 06/07/2017

O conjunto dos 12 produtos que compõem a cesta básica teve alta de 0,99% em Fortaleza no mês de junho, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, 6, pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A capital cearense apresentou a maior alta no valor da cesta básica entre as capitais brasileiras.

 

De acordo com o levantamento, houve um aumento nos preços de nove produtos da cesta básica na capital cearense. O estudo aponta que com a alta, o trabalhador teria que desembolsar R$ 408,49 para adquirir os produtos, respeitadas as quantidades definidas para a composição da cesta.

 

Os produtos que tiveram a maior alta no mês de junho foram o feijão (14,60%), a farinha (5,26%), o café (2,85%) e a carne (1,54%). Os produtos que apresentaram maiores baixas em seus preços foram o tomate (- 4,69%), a banana (- 0,60%) e o óleo (0,24%).

 

No primeiro semestre deste ano, os produtos que sofreram maiores elevações nos preços, foram: o tomate (29,01%), a manteiga (14,17%); o café (10,56%), a banana (10,03%) e a farinha (9,70%). Dos itens apresentaram reduções expressivas nos seus preços, destacam-se: o feijão (-24,96%), o leite (-5,85%), o açúcar (-5,40%) e o arroz (- 1,98%). O valor da cesta básica cresceu 3,63% no primeiro semestre de 2017 em Fortaleza.

 

Já no acumulado dos últimos 12 meses, a alta foi de 5,61%. No período acumulado de um ano, os produtos que sofreram maior elevação nos preços, foram: a farinha (27,14%), a manteiga (26,22%), o café (22,45%), o tomate ( 19,74%), e a banana (14,02%). Apenas o feijão sofreu redução no seu preço, (-39,50%) respectivamente.

 

 

Redação O POVO Online 

TAGS