PUBLICIDADE
Notícias

Pecuária brasileira cresce no primeiro trimestre

O maior crescimento foi no abate de frangos, foram 1,48 bilhão de cabeças, 5,1% a mais que o mesmo período de 2016

13:06 | 14/06/2017
O abate de frangos, suínos e bovinos cresceu no País no primeiro trimestre deste ano na comparação com o igual período de 2016, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira, 14, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 

O abate de frangos somou 1,48 bilhão de cabeças, uma alta de 5,1% em relação ao último trimestre de 2016. No comparativo com o mesmo período do ano anterior, houve um crescimento de 0,3%.
 

Já para os suínos, houve um aumento de 2,6% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. Foram realizados 10,46 milhões de abates.
 

Para os bovinos, o abate teve alta de 0,7%, um total de 7,37 milhões de cabeças. Foram 49,62 mil cabeças a mais impulsionadas pelos estados de Goiás (%2b97,26 mil cabeças), Tocantins ( 27,53 mil cabeças), Rondônia ( 25,43 mil cabeças), Pará ( 16,72 mil cabeças) e Bahia ( 15,67 mil cabeças). 
 

Ovos e leite
 
A produção de ovos de galinhas no primeiro trimestre deste ano cresceu 4,1% no comparativo anual. Foram  788,26 milhões de dúzias de ovos produzidos nos três primeiros meses deste ano.

A aquisição de leite cru pelos elos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal) cresceu 0,1% no primeiro trimestre. No total, foram 5,87 bilhões de litros.
 
 
Redação O POVO Online 
TAGS