PUBLICIDADE
Notícias

MPF denuncia ex-estagiários da Caixa por fraudes

14:30 | 17/04/2017
O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) apresentou denúncia à Justiça Federal contra três ex-estagiários da Caixa Econômica Federal. Eles são acusados de utilizar senhas gerenciais para desbloqueio, trocas de senhas de clientes e movimentação de valores de contas bancárias, agindo em conjunto com um grupo de clonagem de cartões. 

Os ex-estagiários, conforme o inquérito policial, trabalhavam em Fortaleza. Quando a quadrilha de clonagem tentava realizar operações bancárias com os cartões clonados, ocorria um erro de identificação que causava o bloqueio da conta. Nesse momento ocorria a participação dos denunciados, que realizavam os desbloqueios.

Em auditoria feita pela Caixa, foi constatado que as fraudes geraram perdas de R$ 270 mil. Elas atingiram 94 contas de clientes pertencentes a 34 agências de seis estados. Nas declarações dadas à polícia, os três acusados negaram envolvimento nas fraudes.

O procurador da República Francisco de Araújo Macêdo Filho, autor da denúncia, pondera que “apesar de negarem suas participações nas fraudes, nas entrelinhas de suas declarações, detalham conhecimento das demandas das quadrilhas clonadoras de cartões”. Na ação, o MPF pede a condenação por peculato, crime caracterizado no Código Penal e que prevê de reclusão de dois a 12 anos e pagamento de multa.

TAGS