PUBLICIDADE
Notícias

Redes de supermercados deixam de comercializar produtos investigados

A decisão foi tomada para evitar que se consuma produto de qualidade duvidosa

22:50 | 24/03/2017

Algumas das maiores redes de supermercado do País estão deixando de comercializar as marcas envolvidas na investigação da Operação Carne Fraca. A decisão foi tomada para evitar que o consumidor adquira produtos de qualidade duvidosa.

 

Entre as redes varejistas que já retiraram as carnes de suas prateleiras estão Carrefour, Walmat, Pão de Açúcar, Extra e Assaí. Em entrevista à Revista Exame, o Walmart afirmou que a decisão foi tomada como forma preventiva visando o bem estar do consumidor final.

 

Após a deflagração da investigação feita pela Polícia Federal, houve queda nos preços dos produtos dos frigoríficos investigados. Coincidência ou não, o valor da carne de primeira recuou mais de 2%, o número é maior do que a redução registrada em todo o ano de 2016.

 

Redação O POVO Online

 

 

 

TAGS