PUBLICIDADE
Notícias

Meirelles defende regras igualitárias de aposentadoria para homens e mulheres

O ministro disse que as mulheres possuem uma expectativa de vida em relação aos homens e que as diferenças de remuneração entre homens e mulher vêm caindo gradualmente

12:45 | 09/03/2017
O Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse ser favorável à fixação da idade mínima de 65 anos para que homens e mulheres possam se aposentar. A proposta defendida pelo ministro já consta na reforma da previdência enviada ao Congresso em dezembro pelo Governo Federal.

Durante um encontro em São Paulo, Meirelles ressaltou que as mulheres possuem uma expectativa de vida maior em relação aos homens e que as diferenças de remuneração entre homens e mulheres vêm caindo gradualmente.

Segundo Meirelles, se a proposta de reforma for alterada, seria necessário elevar a idade mínima de aposentadoria dos homens para acomodar um tempo menor  para as mulheres para que as contas da Previdência Social fiquem equilibradas. Ele citou o exemplo que se a idade mínima para mulheres ficasse em 60 anos, para os homens, o número passaria para 71 anos.
 
O ministro voltou a defender  a necessidade da reforma para o País. "De 1991 a 2015, o gasto primário como proporção do PIB subiu 8,7. Destes, 5,6 pontos vieram de benefícios previdenciários. Em resumo, o grande foco da evolução das despesas públicas no Brasil nesses 25 anos é basicamente concentrado na Previdência”, destacou Meirelles. Informações obtidas pelo Valor Econômico.
 
 
Redação O POVO Online com portais 

 

TAGS