PUBLICIDADE
Notícias

Temer confirma votação da PEC dos gastos públicos para próximo dia 13

O presidente afirmou que será cumprido o cronograma. PEC 55 deve ser apreciada pelo Senado no próximo dia 13 e promulgada no dia 15

11:03 | 07/12/2016
NULL
NULL
[FOTO1]
O presidente Michel Temer confirmou nesta quarta-feira, 7, que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos será votada em segundo turno no plenário do Senado na próxma terça-feira, 13, como já foi previsto entre os líderes das casas.

Temer fez a afirmação ao ser questionado por jornalistas, ao final de um evento no Palácio do Planalto, sobre se ele acreditava que os senadores manteriam a data de votação previamente agendada. Ao confirmar que o cronograma seria cumprido, o presidente fez um gesto positivo com as mãos.

Caso Renan Calheiros (PMDB-AL) seja, de fato, afastado a partir da decisão liminar (provisória) do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio, pode haver mudanças na pauta de votações do Senado. Quem sucede Renan em caso de afastamento é o senador da oposição  Jorge Viana (PT-AC).

Na última terça-feira, 6, Michel Temer participou de uma reunião com Renan e o líder do governo no congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), para discutir sobre as votações no congresso. Na encontro, de acordo com assessores do Planalto, ambos garantiram a Temer que o cronograma de se votar a PEC do teto no dia 13 e promulgá-la no dia 15 será cumprido.
 
Redação O POVO Online 
TAGS