PUBLICIDADE
Notícias

Pesquisa revela que 76% dos brasileiros preferem carros usados

A qualidade do veículo e o conforto são os itens prioritários em todo país na escolha da compra

11:08 | 15/12/2016
Uma pesquisa realizada pela J.D. Power, empresa global de pesquisa e consultoria, e o iCarros, classificados do itaú Unibanco, revelevou que nos próximos seis meses três em cada quatro brasileiros vão preferir comprar um carro usado. O estudo utilizou a base de clientes do portal iCarros para mapear o perfil dos consumidores e apresentar tendências sobre a compra de veículos novos nos próximos seis meses.

Foram entrevistados aproximadamente cinco mil clientes, e 24% afirmaram que pretendem adquirir um veículo novo, enquanto os 76% restantes disseram estar em busca de modelos usados. “A procura por veículos usados cresceu muito nos últimos anos, e é importante estarmos atentos a este movimento. O brasileiro dá sinais de que está disposto a comprar ou trocar de veículo, mas sem se aventurar. Por isso, nós oferecemos todo o suporte para que ele possa tomar sempre a melhor decisão”, explica o CEO do iCarros, Sylvio de Barros.”

Em relação às montadoras mais citadas, lideram o ranking de carros zero km: Chevrolet (24%), Fiat (17%) e Volkswagen (10%). O estudo destacou também as marcas Honda (8%), Toyota (7%) e Hyundai (7%), que aparecem com interesse maior do que a atual participação de mercado, o que evidencia potencial de crescimento de interesse do consumidor nestas marcas.

Em relação aos itens mais buscados pelos consumidores, as três principais razões de compra são: qualidade (45%), conforto (40%) e reputação da marca (34%). Além disso, design e estilo são mais valorizados entre os que buscam veículos novos (38%) do que os potenciais consumidores de carros usados (30%).

As principais razões de compra podem apresentar variações, dependendo da região do Brasil. Entretanto, a qualidade do veículo e o conforto são os itens prioritários em todo país. A reputação da marca também foi muito considerada pelos respondentes, o que evidencia mais uma oportunidade para as montadoras e concessionárias oferecerem grandes experiências aos seus clientes.
 
Redação O POVO Online 

 
TAGS