PUBLICIDADE
Notícias

Terceiro trimestre do ano registra mesmo volume de 2010

O volume de venda de pneus registrou 18 milhões de unidades. Em 2010, foram vendidas quase 19 milhões de unidades de pneus

12:33 | 03/11/2016
Há seis anos, o trimestre de julho a setembro de 2016 continua sem recuperar o investimento feito no período pela indústria de mais de R$ 15 bilhões, segundo informou a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP). O volume de venda de pneus registrou 18 milhões de unidades. Em 2010, foram vendidas quase 19 milhões de unidades de pneus.

Em relação ao volume de vendas para montadoras, em unidades, houve uma queda de 4,4% em relação ao mesmo período de 2015. Sendo que, a comercialização de pneus para motocicletas influenciou o índice para baixo, foram vendidas cerca de 480.107 de pneus em 2016 contra 697.357 no ano passado, uma diferença negativa de 31,2%.  

No entanto, em relação ao mesmo período de 2015, as vendas em geral (montadoras e revendedoras), o volume de vendas de pneus, em unidade, permaneceu estável, com destaque para queda de pneus para duas rodas (-7%).

Até setembro, o setor apresenta uma retraçaõ de produção de pneus de 1,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior, devido à crise econômica. O índice também permanece negativo para o mercado de reposição (-2,2%) no acumulado do ano.
 
Já as montadoras, o terceiro trimestre de 2016 apresentou recuo nas vendas para montadoras em três importantes segmentos, em termos de volumes: Duas Rodas (-31,2%), Carga (-12,7%) e Passeio (-0,5%). Em setembro, o setor também apresentou queda da ordem de 13% em relação a agosto, quando foram vendidos 160 mil novos veículos em setembro, frente a 183,9 mil unidades em agosto.
 
Redação O POVO Online
TAGS