PUBLICIDADE
Notícias

Petrobras passa a ser uma das empresas mais ajustadas do País, avalia Temer

Em discurso de abertura da Rio Oil & Gas, o presidente destacou que a Petrobras teve valorização de 137%, para R$ 240 bilhões

13:22 | 24/10/2016
NULL
NULL
[FOTO1]O presidente Michel Temer (PMDB), nesta segunda-feira, avaliou positivamente o avanço do valor de mercado da Petrobras nos últimos meses, após a nomeação de Pedro Parente para dirigir a estatal. "A Petrobras era o símbolo de algo que estava inteiramente desajustado e hoje passa a ser uma das empresas mais ajustadas do país", pontuou Temer. Em discurso de abertura da Rio Oil & Gas, o presidente destacou que a Petrobras teve valorização de 137%, para 240 bilhões. "A recuperação da Petrobras dará novo ímpeto aos investimentos ao setor", emendou.

Pouco antes, o presidente da estatal agradeceu a indicação ao cargo e elogiou Michel Temer. “Essa é uma gestão profissional que reintroduz a competitividade. E é assim que nós tratamos nossas estatais, como verdadeiros bens públicos”, completou o presidente Temer.

Em seu discurso, Temer destacou iniciativas implementadas no Congresso, como a que livra a Petrobras da obrigatoriedade dos investimentos no pré-sal. “Estamos tendo sucesso extraordinário no apoio do Congresso”, agradeceu o presidente. O chefe de Estado ainda ressaltou a importância da parceria com a iniciativa privada, segundo ele, o setor deve reduzir o desemprego. “Nossos projetos visam gerar empregos. Muito do desemprego vem da área petrolífera”, destacou.

Michel Temer ainda disse que o governo trouxe uma melhor expectativa sobre a economia, segundo ele, o governo tem trabalhado tanto para o empresariado quanto para os mais pobres.

"Juntamos responsabilidade fiscal com responsabilidade social", acrescentou. "Quando falamos de responsabilidade fiscal alguns dizem que esquecemos da responsabilidade social. Mantivemos e ampliamos programas como Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida", destacou.

O presidente aproveitou o evento para agradecer ao Congresso Nacional pelo apoio que tem recebido para implementar suas medidas. "Depois de uma recessão muito aguda, aprendemos que ouvir é tão importante quanto agir", afirmou.

Diante de empresários e agentes do setor do petróleo, o presidente Temer disse "as agências reguladoras têm que ser instituições de Estado e não de um governo".

Temer chegou de helicóptero, não falou com a imprensa, porém parecia otimista. "Essa expectativa de otimismo está presente nesse congresso", afirmou. As informações foram divulgadas pelo valor econômico.
 
Redação O Povo Online 



TAGS