PUBLICIDADE
Notícias

Atividade do comércio recua 0,6% em setembro

No ano, a queda acumulada atinge 7,7%

12:29 | 06/10/2016

Em setembro, atividade do comércio recua 0,6% no País. Na comparação com o mesmo período de 2015, houve queda de 6,3% na movimentação dos consumidores nas lojas. No acumulado do ano, o varejo registra queda de 7,7% comparado com 2015, de acordo com pesquisa realizada pela Serasa Experian divulgada nesta quinta-feira, 6.

O estudo mostra que metade das categorias registrou recuo na atividade varejista. O maior deles ocorreu no segmento de tecidos, vestuário, calçados e acessórios, com retração de 1,9%, seguido pelas quedas de 1,5% em combustíveis e lubrificantes e de 1,2% em veículos, motos e peças.

Segundo especialistas, alguns motivos contribuíram para o resultado verificado em setembro, como o crédito caro e escasso aliado à perda da renda ocasionada pela alta do desemprego e pela uma inflação que ainda se situa em patamar elevado.

Já o segmento de material de construção registrou estabilidade e, no campo positivo, houve avanços de 0,1% em supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas e de 0,2% em móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática.

Além disso, a pesquisa indica que a maior retração do consumidor no período de janeiro a setembro deste ano ocorreu no segmento de veículos, motos e peças, com queda de 14,5% frente ao mesmo período de 2015. A segunda maior retração foi de 13,5%, observada no movimento dos consumidores nas lojas de tecidos, vestuário, calçados e acessórios. Houve recuo também, de 12,6%, nas lojas de móveis, eletroeletrônicos e equipamentos de informática.

Retrações menores ocorreram nas lojas de material de construção (-6,8%) e nos supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas (-7,3%). Somente o segmento de combustíveis e lubrificantes se mantém com resultados positivos, com alta de 3,5% em relação período acumulado de janeiro a setembro de 2015.

 

Redação O POVO Online

TAGS