PUBLICIDADE
Notícias

Temer orienta ministro a se retratar sobre jornadas de 12 horas

12:42 | 09/09/2016
O presidente Michel Temer orientou que Ronaldo Nogueira, ministro do trabalho, se retratasse diante de sua defesa de alterar a jornada de trabalho para 12 horas diárias. O contato foi feito por telefone, na noite da última quinta-feira, 8.

Segundo o ministro, o presidente o orientou a reafirmar que o governo não irá elevar a jornada nem tirar direitos trabalhistas. O padrão, ele conta, deverá continuar sendo de oito horas diárias e 44 horas semanais.

O ministro diz que o que a reforma trabalhista deverá fazer, em vez disso, é permitir que a distribuição de horas de trabalho seja flexibilizada, com limite de 12 horas por dia e 44 horas regulares mais quatro horas extras por semana.

Desse modo, são mantidas práticas que já eram adotadas anteriormente, mas ainda não eram reconhecidas pela lei. O ministro considera que as modificações precisam ser feitas com cautela, de modo a "evitar erros de interpretação".

Redação O POVO Online com agências
TAGS