PUBLICIDADE
Notícias

Natal deve gerar 101 mil vagas de empregos; o número é 3% menor que 2015

Segundo o estudo, a indústria deve incluir 56,6 mil trabalhadores (56%), serviços 10,1 mil (10%) e o comércio com 34,3 mil (34%). Desse contingente 50% acontecem no estado de São Paulo

10:40 | 30/09/2016

O Natal deve gerar cerca de 101 mil vagas de empregados temporárias no Brasil. Comparado com 2015, o resultado apresenta queda 3% no número da contratações, quando registrou 105 mil vagas, de acordo com pesquisa da Federação Nacional dos Sindicatos de Empresas de RH, Trabalho Temporário e Terceirização (Fenserhtt) e do Sindicato das Empresas de Trabalho Temporário e de Terceirização no Estado de São Paulo (Sindeprestem), feito pelo Centro Nacional de Modernização Empresarial.

Segundo o estudo, a indústria deve incluir 56,6 mil trabalhadores (56%), serviços 10,1 mil (10%) e o comércio com 34,3 mil (34%). Desse contingente 50% acontecem no estado de São Paulo.


Em relação ao trabalhadores temporários contratados em situação de primeiro emprego, o número pode atingir 20,2 mil. Cerca de 5.050 deles poderão ter a possibilidade de serem efetivados após o término do contrato.

Além disso, a pesquisa aponta que o perfil dos candidatos mais procuarados são de trabalhadores entre 22 e 35 anos de idade e de profissionais com ensino médio completo (65%).

 

Redação O POVO Online

TAGS